Sala de aula com alma de empresa

Filipe Rocha/Estúdio Folha

Cursos voltados para administração, finanças e direito unem graduação ao mundo corporativo

Protagonismo, autoria, empreendedorismo tornaram-se palavras-chaves na educação e nas empresas. Mas formar jovens realmente preparados para o novo mundo do trabalho vem se mostrando mais fácil no discurso do que na prática. Segundo a pesquisa Carreira dos Sonhos 2017, realizada pela Cia de Talentos, a maior preocupação, tanto de jovens ingressantes na universidade como de médias e altas lideranças das empresas ainda é o forte descolamento entre a formação acadêmica e a realidade vivida no mundo do trabalho.

"O grande desafio é replicar na sala de aula o ambiente das empresas e os desafios do mundo dos negócios", afirma o consultor Carlos Júlio, que hoje integra o conselho de professores do Ibmec. Para ele, as escolas de negócio vêm conseguindo encurtar essa distância, ao promover pesquisas e estudos mais aplicáveis ao mundo corporativo.

Carlos Júlio cita como exemplo o Ibmec, que desenvolveu a abordagem Ibmec Design Thinking Learning Based - ou seja, matérias ministradas na modelagem de design thinking, que será estendida também à graduação, nos novos cursos de direito, administração e ciências econômicas que a instituição lança em São Paulo, em 2018.

O conselho de professores, do qual Júlio participa, foi uma das estratégias encontradas para criar ponte entre as demandas empresariais e a educação. "Trouxemos ícones para construir um projeto interdisciplinar, permitindo que os alunos trabalhem diferentes habilidades esperadas pelo mercado. Cada um traz suas experiências e atua no desenvolvimento dos cursos", diz o diretor executivo do Ibmec SP, Marco Antônio Araújo Júnior.

Este é o caso de Renato Meirelles, presidente do Instituto de Pesquisa Locomotiva e fundador do Data Favela e do Data Popular. Meirelles busca fazer com que todos os alunos do Ibmec tenham uma noção clara sobre a importância do consumidor na definição estratégica dos negócios. "Entender como os brasileiros pensam e compram é hoje o segredo das empresas que sobrevivem à crise. Para isso, além de colaborar no debate da matriz curricular, participo de seminários com alunos e professores e desenvolvo cursos livres sobre tendências de mercado e consumo", conta.

Para ele, os jovens de hoje querem empreender. "Nesse cenário, é fundamental ter uma didática que incentive os alunos a tomar decisões e desenvolver habilidades fundamentais para quem quer construir carreira no novo mundo corporativo", afirma.

Esses princípios foram levados em conta na formulação dos novos cursos de graduação. Os alunos do Ibmec terão, por exemplo, acesso a um modelo pedagógico que já incuba 13 empresas juniores, todas com projetos relevantes para seus locais de origem.

Pós-graduação gera novos desafios

O CFO da Microsoft Brasil, João Paulo Seibel de Faria, não fazia ideia do papel que teria em sua vida o MBA em administração do Ibmec. "Essa pós me tirou da zona de conforto", resume o executivo, responsável pelo planejamento financeiro e administrativo da empresa.

Faria atribui às trocas com professores e colegas de diferentes áreas o acerto de decisões que tomou desde então. Para ele, as possibilidades de internacionalização fizeram diferença, inclusive como estímulo para que assumisse posições no exterior. "Recebíamos professores de fora e avaliávamos casos de empresas em outros países", lembra Faria.

Recentemente, o CFO voltou ao Ibmec para uma nova experiência internacional. Foi a Chicago participar do curso MBA global e compartilhar suas experiências sobre os desafios da atuação profissional no mundo das economias globalizadas.

Raio-X IBMEC

Graduação: direito, administração e ciências econômicas

Data do vestibular: 1 ou 2 dezembro

Formas de acesso: a primeira fase é baseada em provas de conhecimentos. Depois, há uma entrevista pessoal. O IBMEC considera também a nota do Enem (a partir de 2015).

Pós-graduação: MBA em finanças, gestão de negócios e gerenciamento de projetos LL.M. em direito empresarial global MBA em business management e finance.

Formas de acesso: a primeira fase é baseada na análise do currículo. Depois, os candidatos passam por uma entrevista.

Inscrições: acesse o edital pelo site.

form

Publicidade
Publicidade