Carga Leve

Fortes e ágeis, caminhões delivery se destacam para entregas rápidas nas grandes cidades

Voltados para fazer entregas rápidas, os caminhões da linha Delivery da MAN são destaque no transporte de encomendas do comércio eletrônico e de cargas leves nos grandes centros urbanos. Os veículos associam a dirigibilidade e o conforto de um automóvel de passeio à robustez e capacidade de transporte de um caminhão.

Os caminhões são bastante compactos e têm seis modelos, que vão de 3,5 toneladas -o Express, liberado para tráfego urbano e conduzido mesmo por motoristas não profissionais- a 13 toneladas, para transportes de cargas maiores.

São três as versões de acabamento: City, mais básica; Trend, sob medida para diversas atividades; e Prime, com ar-condicionado, design e conforto diferenciados.Todas as cabines têm seis anos de garantia contra corrosão.

A partir de 4 toneladas o modelo conta com financiamento por meio do Finame, linha de crédito subsidiado do BNDES, voltada para pequenas e microempresas que investem em máquinas e equipamentos.

A cabine do Delivery é semelhante ao interior dos veículos de passeio. A posição para dirigir foi pensada para dar conforto ao motorista. É possível ajustar a altura do banco e a empunhadura do volante, que tem múltiplas regulagens de altura e profundidade, além de um diâmetro menor.

O Delivery é bastante fácil de manobrar, graças ao maior ângulo de esterçamento, o que permite realizar manobras com facilidade mesmo em vias estreitas. A posição dos pedais foi projetada para não exigir grandes esforços do motorista e evitar os riscos de lesão por esforço repetitivo (LER).

No painel de instrumentos, há espaço para porta-objetos, além de equipamentos como tacógrafo e rádio. Apesar de compacta, a cabine tem espaço suficiente para o trânsito com facilidade do banco do motorista para os dos passageiros.

Os caminhões Delivery são, ainda, bastante leves, permitindo economia de combustível. Isso porque vários componentes que utilizavam ferro fundido foram adaptados para usar alumínio. Com isso, os caminhões são pelo menos 10% mais leves do que os demais da categoria.

Os caminhões Delivery foram desenvolvidos e produzidos no Brasil pela Volkswagen Caminhões e Ônibus, com investimentos de mais de R$ 1 bilhão. A partir de 2018, devem começar a ser vendidos nos demais países da região.

Antes de lançá-los, a empresa realizou uma série de testes de resistência, robustez e dirigibilidade em mais de 4 milhões de quilômetros em ruas e estradas no Brasil e na América Latina.Foi o maior teste de rodagem já realizado para caminhões de carga leve.

Os veículos Delivery enfrentaram inclusive pistas geladas da cordilheira dos Andes, no Chile, para aferir a potência do motor e as condições de rodagem em temperaturas de -10°C e altitudes de até 4,5 mil metros.

Os testes simularam colisões e ensaios como o cab shake, em que a cabine é submetida a movimentos abruptos para verificar a segurança de motoristas e passageiros em diversos tipos de acidentes. Também foram feitos ensaios de envelhecimento térmico em câmaras climáticas, com variações bruscas de temperatura e umidade para aferir a durabilidade dos componentes.

Express pode ser dirigido por qualquer motorista

O Express, compacto de 3,5 toneladas da linha Delivery, pode ser dirigido por motoristas com habilitação de categoria B, a mesma válida para os não profissionais de veículos de passeio que carregam até oito passageiros.

Por conta do porte reduzido, que torna o caminhãozinho não muito maior do que uma picape de cabine dupla antiga, o veículo está liberado para circular em meio às regras de restrição ao tráfego de caminhões pesados de grandes cidades, como São Paulo.

Nos pedágios, o Express paga a mesma tarifa de um veículo de passeio porque seu eixo traseiro tem rodado simples, diferentemente dos demais caminhões.

Ao contrário do volante dos caminhões, a direção do Express tem diâmetro semelhante ao de um automóvel de passeio e possui seis marchas com transmissão manual. O porte compacto permite ainda manobras em ruas estreitas.

Publicidade
Publicidade