Universidades apostam no vestibular digital

Devido à pandemia, os vestibulares do meio do ano terão provas online; confira como será a aplicação dos testes

A necessidade de distanciamento social criada pela pandemia de Covid-19 obrigou as universidades a oferecerem seus vestibulares no formato digital. Mesmo no novo ambiente, as provas continuam rigorosas e buscam os melhores candidatos para cada curso oferecido.

A Universidade Presbiteriana Mackenzie aplica seu terceiro processo seletivo a distância no meio deste ano. Os estudantes podem optar pela participação nas provas online, que concentram 70% das cerca de 2.600 vagas disponíveis, ou pela seleção pela nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Campus da Universidade Presbiteriana Mackenzie
Campus da Universidade Presbiteriana Mackenzie - Divulgação

O edital traz as etapas a serem checadas na preparação do computador para o dia da prova. O equipamento precisa ter câmera e microfone, além de outras exigências. É preciso ainda baixar o sistema, fazer algumas adaptações e realizar um teste de compatibilidade, para ter certeza de que tudo funcionará corretamente no dia marcado.

“Os estudantes devem prestar atenção nos requisitos técnicos. O manual tem dez páginas de orientações para a prova online. Precisam cuidar de todos os detalhes. A parte técnica é fundamental”, diz o professor Milton Pignatari Filho, coordenador do vestibular da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

A prova para a unidade de Campinas será realizada no dia 12 de junho. As provas para os campi de Higienópolis e Alphaville acontecem nos dias 15 e 16 de junho.

A preparação mental e de conhecimentos continua a mesma. “Devem estudar como estão acostumados. No dia da prova, é importante descontrair, evitar usar celular e computador antes, para não se desgastar e ficar cansado. Precisam ter concentração no horário em que devem entrar no sistema e começar a responder as questões.”

Enquanto os candidatos fazem as provas, fiscais acompanham online se tudo está sendo feito de acordo com as regras. Eles veem e ouvem os estudantes. Além disso, a plataforma avisa se houver qualquer movimentação estranha. “O sistema nos garantiu segurança e tranquilidade na realização das duas primeiras provas”, afirma Pignatari Filho.

Duas opções

A PUC-Campinas (Pontifícia Universidade Católica de Campinas) oferece as opções online e presencial para o vestibular do meio do ano, que acontece no dia 20 de junho.

Os estudantes que escolherem o teste online serão acompanhados por áudio e vídeo pelos coordenadores de sala. Os candidatos devem acessar o ambiente de prova 30 minutos antes do horário previsto para o início, que está marcado para as 13h. O tempo máximo para a realização da prova é de três horas, com prazo mínimo de 75 minutos.

A prova online obedece todos os requisitos da opção presencial, como proibição de ter ajuda de qualquer pessoa e de portar equipamentos, como celular, relógio, livro, entre outros.

O manual do candidato traz ainda as especificações necessárias para o computador, sistemas operacionais, navegadores, conexão de internet, câmera e áudio. Um teste de compatibilidade deve ser feito até 19 de junho.

Mesmo com a opção presencial, a universidade deixa claro no manual que pode mudar a forma de aplicação para online ou alterar a data da prova, caso necessário devido à pandemia.

Vestibular Universidade Presbiteriana Mackenzie


Inscrições: até 7/6
Valor: R$ 100 (R$ 50 até 7/5)
Provas online: 12/6 (Campinas); 15/6 e 16/6 (Higienópolis e Alphaville), às 14h
Duração: 3 horas
O que cai: redação + 48 questões de múltipla escolha
Site: https://www.mackenzie.br/processos-seletivos/vestibular-graduacao

Vestibular PUC-Campinas


Inscrições: até 14/6
Valor: R$ 120 (R$ 96 até 12/5; R$ 108, entre 13/5 e 31/5)
Provas: 20/6, às 13h
Duração: 3 horas
O que cai: redação + 40 questões de múltipla escolha
Site: https://educacional.puc-campinas.edu.br/processo-seletivo