The British College of Brazil prepara aluno para ser cidadão do mundo

Certificado de conclusão de ensino de escola internacional é aceito em outros países e estudante vivencia os valores da diversidade cultural

Alunos do The British College of Brazil, em São Paulo
Alunos do The British College of Brazil, em São Paulo - Divulgação

Conquistar fluência em uma língua estrangeira ou ter um diploma que facilite a entrada em uma universidade fora do país. Esses são alguns dos motivos que levam famílias a optarem por matricular seus filhos ainda pequenos em uma escola internacional, mas os benefícios dessa escolha são muito mais amplos, afirma Nick West, diretor do The British College of Brazil, localizado em São Paulo.

“Mais do que o domínio de uma nova língua e certificado de conclusão de ensino aceito em outros países, a escola internacional proporciona o aprendizado dos valores da diversidade cultural. São alunos que se preparam para serem cidadãos do mundo”, diz West. E diversidade cultural não falta no The British College of Brazil, onde 59% dos 600 alunos vêm de 38 nacionalidades diferentes.

E ser um cidadão do mundo passa longe de perder sua própria identidade e raízes. Longe disso, explica West, o objetivo é valorizar a importância da manutenção das raízes e da cultura do indivíduo, o respeito às diferenças e à diversidade como combustível essencial para a construção de histórias de vida bem-sucedidas nas esferas profissional e pessoal.

LEIA MAIS:
O que levar em conta para escolher a escola do seu filho

Para isso, o time de professores precisa estar alinhado a essa mentalidade internacional. No The British College of Brazil, a maioria dos professores são nativos da língua inglesa e 100% tiveram uma formação de alta qualidade. “Eles estão preparados para a prática de uma educação em que os alunos podem se arriscar em projetos, ter sucessos e fracassos. O importante é que os estudantes estejam preparados para lidar com situações adversas de maneira positiva, entendendo que são oportunidades para aprender e descobrir quais são suas qualidades e áreas que precisam ser desenvolvidas”, ressalta.

“Mais do que o domínio de uma nova língua e certificado de conclusão de ensino aceito em outros países, a escola internacional proporciona o aprendizado dos valores da diversidade cultural”

Nick West, diretor do The British College of Brazil

Da Educação Infantil ao Ensino Médio, o The British College of Brazil aposta na construção de ambientes de aprendizagem envolventes, acolhedores, que motivem o aluno a prosperar. A instituição adota o Currículo Nacional Inglês adaptado a um ambiente internacional. Os alunos se preparam para o IGCSE (Certificado Geral Internacional de Educação Secundária, em tradução livre), da Universidade de Cambridge, e o International Baccalaureate (IB), um programa internacional aceito em diversos países do mundo, que oferece um currículo em que o aluno pode optar por disciplinas de acordo com a carreira escolhida para a universidade.

Network internacional

Outra característica importante para quem investe em uma educação com vivência internacional é a possibilidade de construir uma rede de relacionamento sem fronteiras. O The British College of Brazil faz parte da Nord Anglia Education (NAE), uma organização que reúne 76 escolas internacionais localizadas em 31 países do mundo. Com isso, os estudantes usufruem de oportunidades que vão desde a participação em debates e desafios internacionais on-line até a expedições para a savana da Tanzânia.

Mais segurança na pandemia

Estar inserida em um contexto internacional também representa um diferencial na volta às aulas presenciais durante a pandemia de Covid-19. O The British College of Brazil, além de seguir as recomendações locais, tem acesso à experiência das escolas do NAE e reforça os cuidados com as melhores práticas já testadas em diversos países do mundo.