Virada Cultural está de volta às ruas de São Paulo; serão 24 horas de shows e eventos por toda a cidade

17ª edição do evento será descentralizada, acontecendo em 28 e 29 de maio, levando a periferia para os palcos

A Virada Cultural 2022 está de volta às ruas da cidade de São Paulo, depois de dois anos, com 24 horas de programação. Ela acontece nos dias 28 e 29 de maio. Em virtude da pandemia da Covid-19, o evento de 2020 foi virtual, com shows online.

Neste ano, a Virada será descentralizada, com uma extensa programação em oito regiões: Butantã (zona oeste), Freguesia do Ó (zona norte), Parada Inglesa (zona norte), Campo Limpo (zona sul), M'Boi Mirim (zona sul), São Miguel Paulista (zona leste), Itaquera (zona leste) e Vale do Anhangabaú e o Centro.

O objetivo da Prefeitura de São Paulo, com a descentralização, é trazer a periferia para os palcos, ampliando a convivência em espaços públicos.

Virada Cultural está de volta às ruas de São Paulo
Virada Cultural está de volta às ruas de São Paulo - Divulgação

A 17ª Virada Cultural terá shows musicais, como MPB, pop, sertanejo, gospel, samba, afro, infantil, DJs, hip hop, orquestra, pagode, funk, reggae e forró, além de peças teatrais, espetáculos circenses, atividades infantis, apresentações de dança, intervenções e cultura popular.

Para abrigar todas essas manifestações culturais, a Prefeitura de São Paulo preparou seis teatros, 13 bibliotecas, 10 Casas de Cultura, nove centros culturais e cinco museus. E, nos dias 28 e 29, haverá esquema especial de transporte nas regiões que irão abrigar as atividades do evento.

Para ampliar ainda mais a pluralidade da Virada Cultural, a Prefeitura de São Paulo abriu inscrições para instituições ligadas à cultura, espaços culturais, restaurantes, eventos ao ar livre e outros promotores desse tipo de atividade.

PARA CRIANÇAS

A "Viradinha", programação infantil da Virada Cultural também terá atrações no Anhangabaú, Campo Limpo, M'Boi Mirim, Itaquera, São Miguel Paulista, Parada Inglesa, Freguesia do Ó, Butantã, Biblioteca Mário de Andrade, Teatro-Parque Flávio Império (Cangaíba), Casa de Cultura de Guaianases e Casa Sertanista (Caxingui).

A primeira edição da Virada Cultural ocorreu em 2005 e, desde então, passou a fazer parte do calendário oficial de eventos da cidade, oferecendo atrações culturais para todas as faixas etárias, classes sociais e gostos. A cada ano, atrai moradores da cidade e turistas. ​

Neste ano, eles poderão ser divertir com diversas atrações. No dia 28, por exemplo, às 18h, o cantor Péricles se apresenta no Palco Viaduto do Chá. Na sequência, o público receberá a cantora Margareth Menezes, às 20h30, e, às 23h, Kevinho. Na tarde do dia 29, das 15 às 16h30, o mesmo palco terá a cantora e compositora Luísa Sonza.

Já no Palco Itaquera, também no dia 28, participarão Lauana Prado, das 17h às 18; Rael, das 19h às 20h; e Glória Groove, das 21h às 22h.

No dia 29, no Palco Campo Limpo, será a vez de Zeca Baleiro cantar suas canções para o público, das 13h às 14h.

No Palco Rio Carandirú, no dia 29, das 12h às 13h, haverá Beatles para Crianças. Depois, das 14h às 15h, é a vez do samba do Clareou e, em seguida, das 16h às 17h, o cantor e compositor Jaloo e as cantoras Gaby Amarantos e MC Tha.

Acompanhe as novidades sobre a 17ª Virada Cultural de São Paulo pelo site
https://viradacultural.prefeitura.sp.gov.br.