Identidade digital prova que você é você mesmo no mundo virtual

A rede global de identidades digitais reutilizáveis Network, da Mastercard, chega ao país para tornar a identificação de usuários mais segura, eficiente e com menos atrito, facilitando as interações online

Mulher de vermelho olhando o telefone

Identidade digital prova que você é você mesmo no mundo virtual Pexels

Em um mundo que se torna cada vez mais digital, cresce a necessidade de criar meios confiáveis de verificar a identidade de clientes e consumidores online, reduzindo atritos e mantendo a segurança e privacidade dos dados. Isso já é possível com soluções de identidade digital, como a ID Network, da Mastercard.

Lançada em 2021 no Brasil, a ID Network é uma rede global colaborativa e flexível que permite interações digitais confiáveis em qualquer setor que demande identificação e autenticação seguras de um usuário.

Com a identidade digital, o consumidor pode comprovar que é ele mesmo na interação com empresas, provedores de serviços e lojas virtuais, tornando mais seguras e eficientes as compras online, a abertura de uma conta bancária ou a reserva de viagens, por exemplo.

"A Mastercard acredita que o futuro das interações online passa por identidades digitais reutilizáveis, que trazem conveniência, segurança e privacidade", afirma Estanislau Bassols, gerente geral da Mastercard. "Isso vai tornar a vida das pessoas mais fácil e segura, sem a necessidade de ter que se identificar múltiplas vezes nos serviços online."​

Mais confiança

Mesmo com todo o avanço dos serviços digitais nos últimos anos, provar quem somos no mundo online ainda é, muitas vezes, um processo cercado de dificuldades, com um excesso de cadastros, senhas, perguntas de segurança e o preenchimento de letras e números indecifráveis de captchas. Em média, um usuário de serviços online gerencia 100 logins, cada um com seu próprio tipo de credencial.

Pesquisas mostram que quando a autenticação ou a verificação da identidade não funcionam, o consumidor perde a confiança na empresa. Essa quebra de confiança custa globalmente às marcas algo em torno de US$ 2,5 trilhões anuais, com a fuga dos clientes para os concorrentes.

Além disso, 57% dos consumidores se dizem desconfortáveis sobre como as empresas usam seus dados. O enorme volume de informações pessoais coletadas demanda altos investimentos para proteger esses dados, mas nem sempre isso funciona. Só nos EUA, 49 milhões de pessoas foram vítimas de fraude de identidade em 2020, com perda de US$ 56 bilhões, revela um estudo da consultoria Javelin Strategy & Research.

Soluções de identidade digital podem ajudar a mudar esse cenário. Além de permitir a autenticação online com segurança e menos atrito, as ferramentas da ID Network podem gerar mais confiança nos serviços digitais ao mesmo tempo que proporcionam um controle maior das pessoas sobre seus dados.

A identidade digital é muito mais do que a versão digitalizada de seu passaporte ou da carteira de motorista. Ela pode incluir uma série de dados exclusivos de sua biometria física, como uma selfie, informações dinâmicas associadas aos seus dispositivos, como o endereço IP e a localização, e até assinaturas comportamentais, como a maneira que você segura o celular ou a velocidade com que digita.

Todos esses dados podem ser empacotados para que a verificação e a autenticação aconteçam mais facilmente, sempre que a pessoa acessa um serviço ou uma conta digital.

Na educação

O primeiro caso de uso da rede ID Network no Brasil se deu por meio de parcerias da Mastercard na área de educação. Estudantes poderão usar o aplicativo MeuID, da empresa idwall, para criar e verificar sua identidade digital antes de prestar exames na plataforma online de educação Amigo Edu. Governando as comunicações entre os parceiros está a rede global de identidades digitais reutilizáveis da Mastercard, que habilita o compartilhamento seguro das credenciais de identidade verificadas.

Líder no mercado de meios de pagamento no Brasil, a Mastercard atua agora para ampliar o uso de sua solução de identidade digital. "Além do mercado de educação, vemos potencial e estamos trabalhando com parceiros de diversos segmentos, como financeiro, viagens, seguros, corporativo e telefonia", afirma Bassols.

No início de 2021, a Mastercard deu um passo a mais para aperfeiçoar seus sistemas de identidade digital ao adquirir a empresa Ekata, que identifica e analisa interações em tempo real durante abertura de contas, pagamentos e outras transações online. Combinadas, as tecnologias inteligentes de verificação de identidade da Ekata e da Mastercard ajudarão empresas a saber com segurança quem são seus clientes e os clientes a interagir com transparência e menos atritos no mundo virtual.