Cidade Solidária arrecada e distribui cestas básicas e refeições aos mais necessitados

Iniciativa da Prefeitura de São Paulo em conjunto com entidades da sociedade busca minimizar efeitos da pandemia de Covid-19; veja como doar

A pandemia de Covid-19 vem provocando impacto econômico em todo o mundo. No Brasil, não foi diferente, com aumento do desemprego, redução da renda e consequente crescimento no número de pessoas em condições de vulnerabilidade.

Muitas iniciativas foram criadas para ajudar quem mais precisa, entre elas o programa Cidade Solidária, uma ação de voluntariado da Prefeitura de São Paulo em conjunto com entidades da sociedade. A iniciativa teve início em abril de 2020, logo após a constatação de pandemia global pela Covid-19, e será mantida enquanto persistir a situação de emergência resultante dela.

Até agora, já foram distribuídos mais de 4,8 milhões de cestas, 4 milhões de refeições e 1,2 milhão de kits de higiene e limpeza pelo programa. Foram arrecadados quase R$ 900 milhões, valor destinado à aquisição de mais cestas, que se somam às doadas pela sociedade.

Montagem de cesta do programa Cidade Solidária, a ser entregue para população mais necessitada da cidade de São Paulo
Montagem de cesta do programa Cidade Solidária, a ser entregue para população mais necessitada da cidade de São Paulo - Divulgação

A população em geral, assim como empresas e entidades, pode doar cestas básicas, alimentos e produtos de higiene e limpeza nos locais de coleta ou diretamente no galpão da Cruz Vermelha do Brasil, que faz a logística da operação, recebendo e distribuindo as cestas para as entidades parceiras do programa.

As doações também podem ser feitas em dinheiro para o programa, que viabiliza a aquisição das cestas.

Além de alimentos, produtos de higiene e limpeza e dinheiro, algumas empresas fazem a doação de outros itens. A Votorantim, por exemplo, forneceu EPIs para as equipes que trabalham nas entregas das doações do programa Cidade Solidária.

A 99 Tecnologia doou vouchers de transporte para os profissionais de saúde do município e deu subsídio de até 50% do valor das corridas cujos destinos sejam um dos nove pontos de drive thrus do programa Cidade Solidária.

A Philip Morris do Brasil disponibilizou ao programa vans com motoristas e operadores de empilhadeiras. C&A e Oracon doaram camisetas, e a Probel doou colchões.

EMPRESAS DE LIMPEZA

As empresas de limpeza urbana que atuam no município de São Paulo realizaram três doações de alimentos e produtos de higiene e limpeza, em nome de seus profissionais, desde o início do Projeto Cidade Solidária.

Foram 3.600 cestas no total. A última doação ocorreu em maio, quando é comemorado o Dia do Trabalhador na Limpeza Urbana, conhecido como gari.

“Neste momento, é importante cuidarmos uns dos outros, não apenas usando máscara e adotando protocolos de higiene, mas também ajudando pessoas em situação de vulnerabilidade. Por esse motivo, projetos como o Cidade Solidária, que conta com parceria da Cruz Vermelha, reconhecida por seu trabalho na área, é muito importante”, diz André Meira, da Ecoss Ambiental, uma das doadoras.


COMO DOAR

Empresas, entidades e pessoas físicas podem fazer doações para o programa

CESTAS BÁSICAS, ALIMENTOS, PRODUTOS DE HIGIENE E LIMPEZA

Podem ser entregues em diversos supermercados em todas as regiões da cidade, como Extra, Pão de Açúcar, Atacadão, Sonda, Chama e Compre Bem. Também são recebidos em equipamentos da Prefeitura. A lista completa dos postos de coleta está no https://www.spcidadesolidaria.org/

Os itens sugeridos são:

Produtos alimentícios

  • Leite em pó integral para bebida: dois pacotes de leite em pó instantâneo, 400 gramas cada;

  • Arroz agulinha: 5 kg;

  • Feijão carioquinha: 1 kg;

  • Farinha de mandioca: branca, 500g

  • Açúcar refinado: 1 kg;

  • Óleo de soja: 900 ml;

  • Sal: 1 kg;

  • Macarrão: 1 pacote de macarrão tipo espaguete;

  • Polpa ou purê de tomate: 1 embalagem em caixa;

  • Sardinha em óleo comestível: 2 latas.

Produtos de Higiene

  • Sabonete de corpo;

  • Escova dental;

  • Creme dental;

  • Absorvente higiênico;

  • Papel higiênico.

Produtos de Limpeza

  • Água sanitária;

  • Detergente em pó;

  • Desinfetante;

  • Esponja multiuso.

  • Além de cestas básicas de alimentos, limpeza e higiene, a Prefeitura de São Paulo também aceita doações de ração para os animais.

Ração para animais companheiros de pessoas em situação de rua

  • Além de cestas básicas de alimentos, limpeza e higiene, a Prefeitura de São Paulo também aceita doações de ração para os animais.

RECURSOS FINANCEIROS

  • Para doações em dinheiro, não há restrições de valores. Todos os recursos arrecadados são destinados à compra de cestas para ajudar pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social.

    Depósitos na conta

    PMSP/SMDU-Cidade Solidária
    CNPJ: 46.395.000/0001-39
    Banco do Brasil
    Agência 1897-X
    C/C 2020-6

    CHAVE PIX:
    contato@spcidadesolidaria.org

DOAÇÕES DE GRANDES VOLUMES

  • Entregar de segunda a sexta, diretamente no Galpão da Cruz Vermelha Brasileira na Av. Moreira Guimarães, 699 – Indianópolis – Zona Sul

DOAÇÕES ESPECIAIS

  • Pessoas físicas ou jurídicas que desejarem colaborar com grandes quantidades de cestas ou com algum dos itens especificados devem entrar em contato pelos telefones (11) 2833-4166, (11) 2833-4170 ou (11) 2833-4165 ou enviar mensagem para o e-mail:
    doacoes@prefeitura.sp.gov.br para receber orientações das equipes do programa.

COMO RECEBER

Entidades que queiram receber as cestas e distribuí-las às famílias necessitadas devem se cadastrar pelo portal 156.. O link para cadastro é http://bit.ly/CadastroPortal156

As refeições são distribuídas, de forma organizada, em pontos espalhados pelo município. O mapa completo dos locais de refeições e doações pode ser consultado no link https://www.spcidadesolidaria.org/


Mais informações, acesse spcidadesolidaria.org ou ligue 156

LEIA MAIS

Paulistanos mantêm cuidado à espera da 2ª dose da vacina contra a Covid-19

Usuário elege sistema público de saúde como o melhor serviço da cidade de São Paulo

Cidade de São Paulo amplia ações contra a Covid-19

Saudável e ativa, comunicadora sofre há 3 meses com sintomas da Covid Longa

"Achava que a Covid-19 não era tão grave, mas é, e muito"