Noite de Gala tem espetáculo histórico

O espetáculo da segunda-feira (24) era um dos mais aguardados do Festival de Joinville. Intitulada "Gala 35 Anos", a coreografia assinada por Marcelo Misailidis e que integrou a Noite de Gala fez uma homenagem tanto à cidade catarinense quanto ao festival e aos bailarinos que passaram pelos palcos do evento nestas mais de três décadas.

Com cerca de 1h30 de duração, a montagem contou com a participação de artistas de destaque como Mayara Magri, Cicero Gomes, Karen Mesquita e Gustavo Lopes, além do grupo Maniacs Crew, do Conservatório Brasileiro de Dança e da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil.

Nilson Bastian/Divulgação
Espetáculo da Noite de Gala do Festival de Joinville
Espetáculo da Noite de Gala do Festival de Joinville

O espetáculo contemplou diversos estilos de dança, com forte referência à ópera e às artes plásticas - um dos números foi embalado pela famosa ária "Nessun Dorma", da ópera "Turandot", de Giacomo Puccini.

Ao final, houve uma homenagem ao artista plástico Juarez Machado, que é de Joinville e teve algumas de suas obras projetadas durante a apresentação.

VENCEDORES MEIA PONTA

Nesta segunda, foram divulgados os vencedores das premiações especiais da mostra Meia Ponta, que reuniu bailarinos de 9 a 12 anos. Eles se apresentaram em diversas categorias durante três tardes, sob avaliação de jurados especializados.

O melhor bailarino foi Marcelo Victória Filho, da Hip Hop Culture, e o troféu de melhor bailarina ficou com Luciana Delgado Sagioro, da Companhia Petite Danse Infantil. Já o Grupo Folclórico Tropeiros do Litoral foi escolhido como melhor grupo desta edição.

Publicidade
Publicidade